5 dicas para manter as finanças do seu negócio em dia

Micro e pequenas empresas possuem algumas particularidades em relação à medias e grandes empresas. Uma delas é a gestão financeira. Enquanto em medias e grandes corporações existem protocolos rígidos de gestão e várias pessoas e processos pelo qual a operação é executada, nos micro e pequenos negócios, em geral, os protocolos são, basicamente, o que o dono decide baseado na circunstância corrente.

Para o pequeno empresário Isso pode parecer uma desvantagem, mas se bem aproveitado, pode ser um grande trunfo que as medias e grandes empresas não poderiam nem sonhar em aproveitar.

Separamos 5 dicas para você aproveitar ao máximo a flexibilidade e agilidade que sua empresa pode lançar mão na gestão financeira do dia-a-dia.

Separação é Organização

Muitas vezes a única solução é usar o próprio cartão de crédito para fins da sua empresa, outras vezes o contrario é inevitável, como usar recursos da empresa para uso pessoal.

É claro que o sucesso da sua empresa não vai pro água abaixo se você fizer isso esporadicamente, contudo, não existe medida aceitável que equilibre esta prática. O melhor mesmo é não misturar.

Quanto mais claro for a separação entre suas finanças pessoais e suas finanças comerciais, mais fácil será encontrar e solucionar problemas financeiros, além de diminuir risco de pagar mais imposto do que deveria.

Avalie tudo, toda semana

Separe 15 minutos toda semana para sentar e avaliar por alto as finanças da sua empresa. Aproveite para fazer previsões, visualizar investimentos, explorar cenários financeiros e separe as melhores idéias para uso futuro.

O importante é você não perder o chão em relação ao que está realmente acontecendo no seu financeiro, afinal, surpresas financeiras, em sua maioria, não são agradáveis.

Aprimore a gestão dos  seus colaboradores

Acompanhe os gastos com funcionários, benefícios, horas extras, impostos e custos extras. Na maioria dos casos a alocação de recursos pode ser melhorada e se tornar mais eficiente, por exemplo, os funcionários podem reagir melhor a um tipo diferente de benefício que pode substituir benefícios atuais que não trazem o mesmo resultado.

Não esqueça de cobrar

Pode parecer contra-intuitivo, mas muitos pequenos empresários esquecem de cobrar dos seus clientes, por exemplo, aquela última parcela de um cliente que comprou a 6 meses atrás, ou aquele cliente que deixou um cheque e voltaria para trocar em algumas semanas.

Importante: mantenha recibos e registre tudo, não deixe de cobrar, pois sem receita, nenhum negócio pode prosperar.

Nada substitui um profissional financeiro

Concentre-se no foco do seu negócio, que caso não seja um escritório de contabilidade, certamente será uma tarefa bem diferente de identificar a melhor solução contábil para sua empresa.

É importante ter as metas bem definidas e cada minuto investido fora da sua expertise vai atrasa-lo no caminho para o sucesso.

A princípio pode parecer um investimento sem retorno imediato ou até algo que você pensa que pode fazer você mesmo, porém, um bom contador geralmente se paga só com a economia que ele vai te proporcionar em impostos e multas que foram evitados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *