Abertura de Empresas no Brasil por Estrangeiros

Sua contabilidade te dá confiança para tomar decisões?
17 de novembro de 2014
Dicas para Pequenos Negócios
26 de Março de 2016
Show all

Abertura de Empresas no Brasil por Estrangeiros

Business Start for Foreing

Há hoje uma demanda muito forte relativa à empresas do exterior desembarcando no Brasil, em busca de tantas oportunidades e novos mercados daqui.

Porém notamos que existem muito mais complicações do que informações neste sentido, já que, como é sabido a nossa burocracia atinge à todos, até os estrangeiros!

Neste sentido elenquei abaixo, sinteticamente, os documentos exigidos de estrangeiros, seja pessoa física ou jurídica, para a constituição de empresas no Brasil, tema este que cada vez mais é importante e presente no nosso cotidiano.

Sócio Estrangeiro Pessoa Física (domiciliado e residente no exterior):

Procuração estabelecendo representante no País, com poderes para receber citação; que atribua plenos poderes ao procurador residente no Brasil para, em nome da pessoa física domiciliada no exterior, tratar e resolver definitivamente quaisquer questões perante a Receita Federal e outros órgãos, capacitando-o a ser demandado e a receber citações, referido documento deverá ser arquivado na Junta Comercial.

Tradução da procuração por tradutor matriculado em qualquer Junta Comercial, caso passada em idioma estrangeiro.

*A procuração que outorgar poderes para a assinatura do requerimento de arquivamento de ato na Junta Comercial deverá ter a assinatura do outorgante reconhecida (art. 654, § 2o, c/c o art. 1.153 CC/2002).

*Obs.: A procuração de sócio lavrada por instrumento particular deverá ser apresentada com a assinatura reconhecida (art. 654, § 2º, CC/2002).

*Nestes casos, a representação diplomática brasileira no país de origem, tem poderes para fazer as vezes do cartório e, por exemplo, reconhecer a firma da assinatura.

O sócio estrangeiro precisa comprovar a residência no exterior, através de declaração de residência fornecida por autoridade estrangeira.

Sócio Estrangeiro Pessoa Jurídica:

Procuração estabelecendo representante no País, com poderes para receber citação; que atribua plenos poderes ao procurador residente no Brasil para, em nome da pessoa Jurídica domiciliada no exterior, tratar e resolver definitivamente quaisquer questões perante a Receita Federal e outros órgãos, capacitando-o a ser demandado e a receber citações, referido documento deverá ser arquivado na Junta Comercial.

Tradução da procuração por tradutor matriculado em qualquer Junta Comercial, caso passada em idioma estrangeiro.

Quando o sócio for uma sociedade estrangeira, a documentação a ser apresentada para constituição da empresa no Brasil será o contrato/estatuto que comprove a existência legal da empresa, documento de identificação (passaporte de seu representante), procuração da empresa estrangeira estabelecendo representante no Brasil com poderes para receber notificações, citações e intimações dos poderes públicos.

Sócio Pessoa Física Estrangeiro (residente e domiciliado no Brasil)

São exigidos documentos triviais como: cópias do RNE (Registro Nacional de Estrangeiro) e CPF, comprovante de endereço recente, cópia do PIS ou inscrição no INSS, cópia da certidão de casamento (se houver).

Complicou?

Não se preocupe, uma de nossas expertises é a constituição de empresas estrangeiras no Brasil, contate-nos!

2 Comentários

  1. JOSE disse:

    TENHO INTERESSE EM CONVERSAR A RESPEITO, PODEMOS AGENDAR UM CALL?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *